Buscar

É o creme, é o creme.

Ah, o creme. Ou, os cremes no caso. E são muitos.


Os cremes estão para a confeitaria assim como a eletricidade está para a raça humana: poderíamos ter evoluído sem e teria sido triste. Parafraseando o clã: Creams Rules Everything Around Me.


Os cremes ajudam os sabores a se envolverem e se misturar em nosso paladar e aquela sensação aveludada nos trás conforto, como um abraço reconfortante na nossa língua. Apesar de ser fácil escolher ou criar um creme, temos sempre que lembrar que nada no DiY é fácil e tudo depende de testes e de seu paladar.


Como na confeitaria, no DiY temos uma variedade de cremes e bases que podem ser usados em doces, bolos, tortas, etc… Teoricamente cada tipo de creme tem seu uso e a experiência de vaporar algo cremoso pode variar de acordo com cada receita.


A escala


Desculpa Wayne, essa tabela está muito bem feita pra ficar escondida atrás de uma assinatura no seu site, tenho que compartilhar.


Sim, marujos. Essa escala foi tirada do site do DIYorDie e meu espírito socialista me impede de guardar só pra mim. A escala apresenta os cremes mais conhecidos e categoriza-os por sua “cremosidade” e densidade. Então segue a escala do mais leve ao mais denso:


* Temos a maioria dos cremes disponíveis na lojas por aqui e o TPA Vanilla Custard II já pode ser encontrado.

** Esse aclamado aroma foi descontinuado, com uma nova versão no mercado chamada Holy Resurrection, mas sua disponibilidade por aqui é mais rara que pokémon brilhante.


Quando e como usar


Se você gosta de cremes e sua resposta para o quando será: Sempre! A única coisa que falta é saber como, e além de testar, eu recomendo testar muito.


Procure por referências na confeitaria


É muito importante saber o que você quer traduzir para o seu líquido, seja um creme de baunilha simples ou uma torta holandesa completa, tente experimentar o que pretende criar, vá na padaria da esquina e compre logo aquela bomba de creme!


Ok, depois de comprar a bomba de creme e come-lá, percebeu como o creme é diferente daquele creme de baunilha do bolo da mesma padaria? São esses detalhes que indicam quais cremes se encaixam melhor com outras composições, seja um bolo, uma bomba de creme ou um sonho de padaria. Cada creme é um creme.


Minhas considerações


Não farei muita distinção dos cremes a base de ovos dos cremes com base em leite ou manteiga. Considero aqui todos como cremes e farei um breve resumo de seus usos. Se eu for falar de cremes, posso ficar horas argumentando sobre qual o melhor e para que cada um serve, e no final vou acabar usando Vanilla Custard da Cap. com French Vanilla da TPA. Ainda não provei a Vanilla Custard II.


Gosto muito dos cremes leves também, como o Vanilla Whipped da Capella, ou quando não quero muita baunilha e uso Vienna e Fresh da FlavourArt ou Sweet Cream Cap.


E como temos também alguns sorvetes na escala, já antecipo que o Liquid Barn realmente é uma delícia, mas só às vezes você consegue achar por aqui.


Le Creme de la creme


One On One Cream (Milky Undertone) - Média de uso 2-4%


Creme de leite fresco batido, levemente doce e com notas suaves de leite. Por ser de uma marca pouco conhecida pelo DIY no Brasil, a disponibilidade às vezes atrapalha, mas esse aroma ganhou meu paladar. Combina com frutas e massas leves. Aqui vale uma menção honrosa ao Flavorah Cream, que tem uma avaliação e uso parecidos, com uma concentração maior e médias de uso mais baixas, só não tem as mesmas notas lácteas que o OOO.


FlavourArt Vienna Cream - Média de uso 1-4%


Um creme leve de baunilha com textura suave mas muito versátil. Em baixa porcentagem acrescenta uma boa camada cremosa e doce com pouca baunilha, mas pode ser usada em porcentagens mais altas para ter um creme mais forte. É um ótimo creme para frutas e massas leves.


FlavourArt Fresh Cream - Média de uso 0,5-2%


Uma outra opção leve e versátil. Essa versão de creme de leite batido não tem baunilha e nem é muito doce, combina bem com frutas, yogurtes e massas leves.


A FlavourArt é uma ótima marca para criar cremes complexos e saboros, e tanto o Vienna quanto o Fresh Cream estão sempre presentes em receitas com esse perfil.


Capella Vanilla Whipped Cream - Média de uso 2-6%


Outro creme leve e doce mas com mais cara de chantilly que o Vienna e o Fresh Cream, como o nome entrega, a baunilha está presente nas baixas e altas porcentagens, com uma boa textura e podendo ser usado com frutas e massas leves ou assadas com certa facilidade.


Flavor West Bavarian Cream - Média de uso 2-4%

Calma, o creme bávaro merece uma explicação...


Bavaroise com Morangos e calda

Pausa para a história


Um dos mais antigos cremes não é bem um creme, está mais para um pudim. Uma mistura de leite, gemas de ovos, gelatina e creme batido. O “pudim” era então colocado numa forma e servido com alguma fruta em calda. As variações na confeitaria em locais diferentes podem ser reconhecidas como creme de confeiteiro, creme patisserie, creme branco, creme doce… Mas os aromas normalmente são desenvolvidos considerando as fontes originais ou versões mais famosas criadas ao decorrer da história.


Continuemos com a programação regular…


Flavor West Bavarian Cream - Média de uso 2-4%


Um creme mais encorpado, com notas de baunilhas mais presentes e com uma textura que pode lembrar um pudim e altas porcentagens. Bem doce e pode ser usado de maneira bem versátil com frutas e massas mais densas.


TPA Bavarian Cream - Média de uso 3-5%


É um aroma muito parecido e menos concentrado que o Flavor West, e eu particularmente sinto algumas notas mais “apimentadas” com o TPA, com uma baunilha mais acentuada ele combina bem com bolos e tortas, podendo atrapalhar um pouco quando misturado com frutas.


TPA French Vanilla - Média de uso 2-4%


Um creme mais encorpado e carregado na baunilha. Se destaca justamente pela versatilidade da baunilha, que pode ser usada para encorpar outros cremes ou até mesmo como nota principal. Não tem as notas “picantes” que sinto em algumas baunilhas da TPA, o que o torna um ótimo substituto ao Bavarian Cream da marca.


Pode acontecer de você encontrar uma versão Deluxe em algumas lojas, que tem uma concentração maior de vanilina em sua fórmula.


Capella Vanilla Custard - Média de uso 2-6%

Vanilla Custard Pie

Eu já fiz alguns vídeos onde comento sobre esse aroma e é de longe o que eu mais uso em meus cremes “quentes”. Uma custard normalmente é um creme grosso, aromático e bem doce, podendo ser servido quente ou frio, e em combinações com frutas, massas e bolos. Apesar de sua base de leite, ovos e manteiga, esse é um creme bem versátil se você procura uma textura "amanteigada" no vapor, com uma camada marcante de baunilha e uma textura mais densa que o Bavarian.


As diferenças entre a versão 1 e 2 não são tão perceptíveis no paladar, com a V2 tendo sua fórmula alterada para reduzir os DAAPs, sendo assim ligeiramente menos cremosa.


Sorvetes


TPA Vanilla Gelato, TPA Vanilla Bean Ice Cream - Média de uso 2-6%


Sorvetes são uma tentação para os vapers, mas achar a combinação que entregue textura e sabor da maneira correta é bem difícil. O TPA Vanilla Gelato chega bem próximo da proposta, com uma camada de baunilha bem marcante e sem as notas “picantes” que eu sinto no primo TPA VBIC. Apesar de serem muito parecidos, a camada de creme do Vanilla Bean Ice Cream tem uma densidade mais perceptível.


Liquid Barn Vanilla Ice Cream - Média de uso 2-5%


Realmente um sorvete perfeito, coloque umas gotas de WS-23 e temos o efeito gelado e a cremosidade que nenhum sorvete da lista entrega. Boa camada de baunilha e uma textura que pode ser casada com massas “quentes” como bolos e tortas sem deixar um sabor de creme batido no paladar. Além de frutas, é claro. Esse sorvete cai bem em qualquer mistura.


O resto da lista


Bom, como eu antecipei, poderia escrever um textão gigante falando sobre cada um dos cremes da lista, mas ai eu tiraria toda a diversão que vocês vão ter em testar e descobrir cada um desses aromas… ou não. Temos aromas de base como Dairy/Milk, aromas marcantes como Dulce de Leche e Yogurt, meringues e marshmallows que podem ser usados para dar camadas e texturas e níveis diferentes de cremosidade, tem até cheesecakes para os mais ortodoxos!


Ah, e se puder, ouça algum álbum do CREAM da próxima vez que vaporar um creme delicia...




Posts recentes

Ver tudo